DEM e PSDB ‘ensaiam’ legenda única

Governador Doria e presidente da Câmara, Rodrigo Maia, endossam a possibilidade (Agência Brasil)

Apesar de improvável para as eleições de 2020, o Democratas e o Partido da Social Democracia Brasileira ensaiam um plano de partido único. A informação foi dada com exclusividade à Folha de Alphaville pelo vice-presidente do DEM, em Barueri, vereador Carlinhos do Açougue. "Há comentários, mas por enquanto nada certo", disse o parlamentar. Segundo
o vereador, as direções paulistas dos partidos que estariam estudando a possibilidade.


A medida é uma ideia que empolga lideranças como o governador João Doria (PSDB) e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM). No mês passado, Maia disse que o fim das coligações que começa a valer no próximo ano seria o motivo da fusão entre as duas legendas. Mesmo sem confirmar, Doria têm demonstrado interesse em disputar a cadeira da presidência em 2022, o que faria parte da estratégia.

O governador pode enfrentar o atual presidente Jair Bolsonaro (PSL), entre outros nomes. Por outro lado, o DEM, que enfrenta 'turbulências' com Bolsonaro teria a oportunidade de volta a dar as cartas e se fortalecer para 2022.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 21 Setembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário