Domingo, 14 Agosto 2022

Política

Cioeste anuncia compra de 20 mil testes para detectar coronavírus

Política

Cioeste anuncia compra de 20 mil testes para detectar coronavírus

 Por meio do Consórcio, prefeitos vão adquirir exames de tomografia e o maior número possível de leitos privados

Na região, Itapevi criou o Centro de Combate ao Coronavírus (foto); Barueri tem 20 leitos no HMB exclusivos para os pacientes sintomáticos (Foto: Willian Leite/PMI)

Os prefeitos dos municípios que integram o Cioeste (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo) estabeleceram um protocolo para uniformizar as ações das cidades da Região no combate ao coronavírus. A medida foi anunciada na quarta (18).

Ao mesmo tempo, os gestores decidiram adquirir em prazo emergencial, por meio do consórcio, exames de tomografia, o maior número possível de leitos de UTI privados e 20 mil testes de Covid-19 para todos os municípios integrantes do Cioeste. 

"É muito preocupante e sério o que está acontecendo", disse o prefeito de Santana de Parnaíba, Elvis Cezar (PSDB), que também preside o consórcio. "Espero que toda a população tenha toda a adesão aos cuidados necessários, como lavagem de mãos e se abster aglomerações. Essa adesão fará com que a gente evite a contaminação comunitária", afirmou Cezar.
Na Região, já são 17 casos confirmados de Covid-19, sendo um em Jandira, cinco em Santana de Parnaíba, sete em Barueri e quatro em Osasco. Os dados são das prefeitura locais e de levantamento da reportagem.

Na região
Cezar também anunciou a implementação de um hospital de retaguarda com 48 leitos em Santana de Parnaíba. O equipamento, que será destinado exclusivamente ao atendimento de pacientes com problemas respiratórios graves, deve ser instalado em um imóvel no bairro Fernão Dias, segundo a secretaria de Comunicação do município. Não há prazo definido para o início do funcionamento. 

A respeito do equipamento mencionado não será propriamente uma construção, se trata de adequação de um imóvel, no bairro Fernão Dias. O local será adaptado com todos os equipamentos necessários para atender cerca de 48 pessoas que apresentarem problemas respiratórios graves. A respeito do valor e prazo para funcionamento, ainda não temos essa informação definida. 

Nesta semana, começou a funcionar em Itapevi o Centro de Combate ao Coronavírus (Rua José Michelotti, 97 – Vila Nova Itapevi). Espaço criado e mantido pela prefeitura, o centro dará atendimento exclusivo a pacientes com mais de 12 anos de idade com sintomas da doença. O objetivo é evitar que infectados aguardem atendimento nas demais unidades de saúde.
Barueri foi a primeira a anunciar, na semana passada, que disponibilizou 20 leitos do Hospital Municipal de Barueri para pacientes detectados com sintomas da doença.

Horários flexíveis
Cezar também listou uma série de outras medidas para enfrentar o avanço da epidemia da doença na cidade. Os ônibus, por exemplo, serão higienizados após todas as viagens. O prefeito também pediu aos empresários que iniciem e encerrem suas atividades em horários flexíveis, para diminuir o deslocamento na hora do rush. 

Ao mesmo tempo, foi proibida a presença de mais de um acompanhante para os pacientes nas unidades de saúde, que também viu exames de rotina, consultas de otorrinolaringologia e de oftalmologia serem suspensas.

Além disso, Cezar disse que a prefeitura está desenvolvendo um aplicativo para centralizar todas as informações sobre o combate à epidemia em um só dispositivo. Ele também fez um apelo à comunidade cristã. "Não façam cultos ou missas", disse. "O fato de sermos cristãos não vai nos isentar de sermos contaminados", sentenciou.
Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 15 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/