Política

Após filiação do presidente Bolsonaro, secretário da gestão Furlan deixa o PL

Política

Após filiação do presidente Bolsonaro, secretário da gestão Furlan deixa o PL

Milton Monti é pré-candidato a vaga de deputado federal em 2022 

Milton é secretário de Governo do prefeito Rubens Furlan (Facebook)
Na quarta-feira (8), o ex-deputado federal Milton Monti, secretário de Governo do prefeito de Barueri, Rubens Furlan (PSDB), pediu a desfiliação do PL, após a  entrada do presidente Jair Bolsonaro na sigla. Pré-candidato a deputado federal, Milton disse que ainda não decidiu para qual legenda irá.

Ele  falou à reportagem que o PL está indo para caminhos que não coincidem com sua trajetória. "Eu comecei cedo lutando pela democracia, pela liberdade e acho que quando o partido recebe esse grupo vai para um caminho de extrema direita e eu sou uma pessoa de centro", contou.

Monti falou ainda que a possível aliança de Lula e Alckmin não deve ser vista como uma 'aberração política e sim como virtude'. "É preciso deixar os desentendimentos, unir esforços, eliminar polarização e radicalização, assim, o país avança", avaliou.

Apesar da declaração, ele deixou claro que não quer dizer que descarta o apoio à pré-candidatura do governador João Doria (PSDB). "Tudo isso será ainda  avaliado". 

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 17 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/