Varejo de material de construção tem janeiro estável

Setor deve retomar atividade em março, afirma Anamaco (Pexels)

O varejo de material de construção teve estável em janeiro, na comparação com o mesmo período do ano passado. Em relação a dezembro de 2018, o setor teve uma queda de 9%, de acordo com a Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção, que registrou um início de ano com pouco movimento.

"Começo de ano é sempre complicado porque temos o pagamento de IPTU, IPVA, retorno das aulas e etc. a lista e longa e começou a faltar dinheiro principalmente no final do mês", disse Cláudio Conz, presidente da Anamaco. Nos últimos 12 meses, o setor registrou crescimento de 6,5. "Em 2018 tivemos faturamento recorde de R# 122 bilhões. Estamos vindo de um crescente, mas para a gente o ano começa mesmo depois do Carnaval, que é quando as pessoas voltar a pensar em reforma e construção", acrescentou.

A pesquisa Tracking mensal da Anamaco entrevistou 530 lojistas, entre os dias 24 e 30 de janeiro. 

Veja mais notícias sobre Imóveis.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 07 Dezembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário