Em um ano, metro quadrado na cidade de Barueri valoriza R$ 986

Em 2018, foram lançadas 291 unidades (Foto:Michela Brígida/Folha de Alphaville)
De acordo com um levantamento realizado pelo Sindicato da Habitação (Secovi-SP), a pedido da Folha de Alphaville, no ano passado, em Barueri, foram lançadas 291 unidades. O preço médio praticado foi de R$ 8.077 por metro quadrado. Em 2017, foram contabilizados 585 lançamentos e o valor médio comercializado do m² estava em R$ 7.091; ou seja, na comparação do período mencionado, o custo do metro quadrado teve acréscimo de 13,80%.
Na cidade de Santana de Parnaíba, em 2018, foram registrados 83 lançamentos e o valor médio do m² ficou em R$5.324. Em comparação ao ano anterior, foram 120 unidades lançadas e R$ 6.999 o preço do m². Ainda segundo o Secovi-SP, em 2016, Parnaíba não teve lançamentos de imóveis.

Grande São Paulo
Em maio deste ano, a capital paulista contabilizou a venda de 3.100 unidades residenciais novas e 2.594 lançamentos. Os dados são de uma pesquisa recente do Mercado Imobiliário feita pelo departamento de Economia e Estatística do Sindicato da Habitação.Quando analisadas as vendas (2.158 unidades) e os lançamentos (1.721 unidades) do mesmo mês período do ano passado, o crescimento foi de 50,7% e 43,7%, respectivamente. Este foi o melhor resultado registrado dos últimos seis anos para maio em São Paulo. 

De janeiro a maio, foram vendidos 12.426 imóveis, uma alta de 27,9% comparado com a mesma época em 2018, que foi de 9.713 unidades. Os lançamentos totalizaram 8.967 unidades, um aumento de 60,8% em relação ao ano anterior (5.577 unidades).O total lançado de janeiro a maio foi de 2.173 unidades, o que corresponde a um avanço percentual de 20,5% em relação ao mesmo período do ano anterior, que foi de 1.803 unidades. Já as vendas do acumulado somaram 4.721 unidades, alta de 21,5% (3.885 unidades).

Na Região Metropolitana de São Paulo, em maio deste ano, os municípios somaram 364 unidades residenciais vendidas, aumento de 46,8% em comparação às 248 unidades comercializadas no mês anterior. Mas em relação às vendas de maio de 2018 (477 unidades), houve redução de 23,7%. Em 2019, até o 5º mês, foram 10.867 lançamentos e 14.419 vendas, de acordo com o Sindicato. 

Veja mais notícias sobre Imóveis.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 19 Setembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário