Com 45 anos, Alphaville enfrenta desafio de crescimento sustentável

PERSONAGEM | Mauro Dottori é presidente da Associação da Indústria Imobiliária de Alphaville, Tamboré e Região (AIAT) (Foto: Michela Brígida/Folha de Alphaville)

O bairro que se tornou desejado e é tido como uma vitrine na região comemora 45 anos, nesta sexta-feira (21), com o desafio de continuar se desenvolvendo, mas sem perder a qualidade de vida e a sustentabilidade. Junto com isso, soma-se à necessidade de soluções para a área de mobilidade urbana, um dos principais problemas enfrentados pelos moradores.

Apesar disso, o presidente da Associação da Indústria Imobiliária de Alphaville, Tamboré e Região (AIAT), Mauro Dottori, garante que há motivos para comemorar. "É uma região que tem vitalidade enorme, uma cidade praticamente. A preocupação com o crescimento é muito legitima. Mas, continua sendo um bairro desenvolvido quanto ao urbanismo, muito acima da média, por isso que tem este sucesso e muitos têm o desejo de estar aqui", disse.

Na avaliação de Dottori, o segredo para um desenvolvimento saudável está nos três pilares: social, ambiental e econômico. "Urbanismo, mobilidade e infraestrutura precisam estar interligados. Hoje é desejável que o morador consiga sair da sua casa e ter segurança, serviços, civilidade, vizinhança agradável", salientou. Para ele, o bairro precisa continuar se desenvolvendo, mas com adensamento de qualidade. Ele citou como exemplos de sucesso as cidades de Nova York e Barcelona. "São locais que 'funcionam'. Aqui ainda falta ordenamento. Mas, a pergunta que eu faço é: o Alphavilliano está olhando para a vizinhança? A riqueza do bairro tem que ser aproveitada para não se tornar um núcleo. É preciso ser disseminada senão podemos ter favelas se expandindo para cá. Nós temos que ter equilíbrio e não se fechar. Não podemos parar a lei da gravidade com a caneta", analisou. Diariamente, segundo ele, circulam 70 mil pessoas só entre o bairro e a região de Carapicuíba.

Diálogo
Mauro acredita que falta compreensão e diálogo por parte da sociedade, poder público e empresários para resolver questões ligadas ao desenvolvimento sustentável e ações voltadas para aprimorar qualidade ao transporte público. "Temos um bairro com urbanismo invejável, porém algumas coisas não foram tão estruturadas como a Avenida Yojiro Takaoka que é o eixo principal dos residenciais, o que cria um grande gargalo no trânsito. São coisas que precisam ser discutidas, rediscutidas", ponderou.

Sobre o papel das associações, o presidente avalia que se trata de um sucesso imensurável. "Alphaville tem alma e um monte de donos, as associações tratam o bairro como delas. É um orgulho para todos nós que moramos aqui", falou.

Projeção
Em 2015, a AIAT realizou um estudo de desenvolvimento urbano estratégico para a região, feito pelo arquiteto e urbanista Carlos Leite, entre os apontamentos, a praticidade de trabalhar, morar, ter tudo ao alcance, além de se conectar com o bairro como um todo. O que vem se concretizando. Recentemente, Barueri foi ranqueada no Cidades Inteligentes, como a 19ª na lista nacional e 1ª em economia no país. "Alphaville que trouxe a tendência para a cidade, o desenvolvimento veio todo daqui. A condição foi o bairro de Alphaville e Tamboré", finalizou. 

Prefeito de Santana de Parnaíba, Elvis Cezar (Foto: Agência Impacto)

Alphaville está à frente do seu tempo

"Alphaville é referência para o Brasil, por todo o planejamento realizado, ficando à frente do seu tempo. E no ano em que o bairro comemora 45 anos, se coloca como se destaque pelas moradias, oportunidades de empregos e pela grande capacidade de desenvolvimento econômico da nossa cidade e região".

A gestão fez investimentos no bairro para garantir a fluidez no trânsito, como as obras de alargamento da Yojiro Takoka, iniciadas em julho. A ação tem como objetivo desafogar o trânsito da região, uma das principais queixas apontada pelos moradores. O investimento da obra é de R$ 735.749,22 e a conclusão dos trabalhos está prevista para dezembro.

Na última semana, a prefeitura abriu licitação para a construção de uma passarela na avenida, altura na Unip Alphaville. A obra visa aumentar a segurança do grande fluxo de pedestres da região e evitar futuros transtornos após o alargamento da via.

A duplicação e alargamento da Avenida Paiol Velho, no bairro do Tamboré-Alphaville, teve como objetivo melhorar a fluidez no trânsito local e a segurança para os motoristas e pedestres. A via duplicada contou com implantação de luminárias de Led e adequação de rotatórias.

Rubens Furlan, prefeito de Barueri (Foto: Rodrigo Albertini/Arquivo Folha de Alphaville)

Alphaville é símbolo de prosperidade
A mobilidade urbana é sonho de consumo de Alphaville. Como reverter o quadro do trânsito nesta região?
Em grande parte, vamos reverter já no início do próximo ano, com a conclusão da obra do viaduto sobre a alameda Araguaia, que vai desafogar o fluxo de entrada e saída de veículos na região de Alphaville e Tamboré.Este viaduto vai complementar o minianel viário que interliga a alça da Castello até a avenida Paiol Velho, que já concluímos o alargamento. Também alargamos a Via Parque e agora vamos fazer algumas readequações na avenida Dr. Dib Sauaia Neto para receber melhor esse fluxo.

Barueri está ainda longe de ser uma cidade interligada por ciclovias, há planos para essa área?
Vamos fazer uma ciclovia na Via Parque e estamos estudando um plano cicloviário para interligar Alphaville e Centro de Barueri.

O senhor é morador de Alphaville, como enxerga o bairro hoje?
Continuo enxergando Alphaville como referência, não só para Barueri, mas para toda a Grande São Paulo. É um símbolo da prosperidade e do pensamento moderno. Gostaria de parabenizar Alphaville pelos seus 45 anos e reafirmar nosso compromisso com o desenvolvimento sustentável do bairro.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 11 Dezembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário