Domingo, 29 Novembro 2020

MKT & Negócios

Mídia Programática - Você sabe o que é?

Empresas

Mídia Programática - Você sabe o que é?

É preciso conhecer quais os melhores canais para interagir com o público 

A era digital trouxe alguns recursos que hoje são imprescindíveis para a gestão de qualquer negócio. Ter um site e uma hospedagem é fundamental para garantir cada vez mais a valiosa presença digital.

Junto com um site vem a necessidade de obter um registro de domínio. Lembre-se que ao ter um domínio devidamente registrado, o site da sua empresa passa a contar com mais credibilidade e compromisso com a qualidade.

Recomendamos você registrar na: https://www.weblink.com.br/dominios

No entanto, além do site, domínio e o serviço de hospedagem de site, a gestão de um empreendimento na era da internet exige também o uso e o conhecimento adequado de práticas destinadas para o meio digital.

É preciso conhecer quais os melhores canais para interagir com o público, quais as ferramentas mais adequadas para captar leads, quais são os softwares ideais para analisar as métricas obtidas com as estratégias.

Enfim, são vários os elementos que viabilizam o gerenciamento de um negócio na era digital e que um bom gestor deve conhecer. Entre eles você já ouviu falar na Mídia Programática? Confira mais sobre o que ela é e a importância dela nos tópicos a seguir: 

O que é e como funciona a Mídia Programática?

Quem são os protagonistas na Mídia Programática?

Quais sãos benefícios que a Mídia Programática traz para o seu negócio?


O que é e como funciona a Mídia Programática?

A Mídia Programática consiste na venda e compra de espaços publicitários no meio online. A compra, em tais casos, é realizada em tempo real.

Isso possibilita a exibição de um anúncio para um determinado cliente em um contexto específico. Sendo assim, a Mídia Programática representa um procedimento importante para segmentar o público-alvo, permitindo uma interação personalizada e mais eficiente.

De certa forma, ela permite a segmentação dos anúncios com base em localização geográfica, a idade, o sexo, bem como pode limitar os anúncios a determinados horários do dia e optar por quais editores pretende exibir os anúncios.

A compra desses espaços publicitários é efetuada por meio de um software. Esse programa automatiza a realização da compra e a localização graças a um sistema de lances semelhante a um leilão.

Em suma, a aquisição e a venda de mídia são efetuadas a partir de softwares específicos, nas quais os chamados publishers inserem o seu espaço publicitário apto a ser comercializado.

Entendendo a Mídia Programática

Se você tem um site, um registro de domínio, sabe o quanto é importante deixar o seu projeto em evidência, pois só assim ele vai divulgar o seu negócio e cumprir a missão de ser uma vitrine para a sua empresa.

Para tornar o seu site mais visível nos resultados de busca, é necessário utilizar as técnicas de SEO, que tornam o site amigável aos algoritmos do Google.

Na mídia programática os algoritmos também fazem parte do show para uma melhor compreensão de como parcela do público é impactada pelos anúncios.

Os algoritmos analisam o comportamento de um visitante. Isso possibilita otimizações de campanha em tempo real para um determinado público que demonstra maior possibilidade de conversão.

As empresas programáticas juntam esses dados de público e os segmentam com mais precisão. Desse modo, baseado no comportamento do usuário, elas exibem a mensagem mais adequada.

A Mídia Programática em ação

Imagine, por exemplo, que você está a passear de site em site, efetuando uma pesquisa na internet e, de repente, clica em algum resultado que apareceu.

Caso essa página possua um espaço configurado para a exibição de publicidade programática, o editor da página exibirá uma impressão de anúncio para leilão em um mercado de anúncios.

Esse leilão é realizado entre os anunciantes que estão interessados em mostrar um anúncio para esse cliente que clica na página.

Provavelmente haverá muitos competidores neste leilão, portanto, aquele que estiver disposto a dar o maior lance sai como vencedor. É assim que o anúncio dele será exibido para o cliente quando a página for carregada.

Quem são os protagonistas na Mídia Programática?

Toda essa brincadeira envolvendo compra e venda na Mídia Programática é possível graças a alguns termos e plataformas importantes. Vamos ver quais são?

Demand Side Platform

Também chamadas de DSP, elas consistem nas plataformas utilizadas para a aquisição de mídia em tempo real. Elas permitem que o anunciante efetue pesquisas nas Ad Exchanges.

Ad Exchanges

Podemos chamá-las de "o mercado dos anunciantes". Ou seja, eles reúnem os inventários de vários sites que denotam interesse em comprar e vender espaços publicitários em suas respectivas páginas. As negociações são realizadas em tempo real.

Supply Side Platform/Sell Side Platform

São nas SSPs que é feita a venda do espaço publicitário. É por meio delas que os publishers disponibilizam o inventário disponível.

Data Management Platform

As DMPs são as plataformas que monitoram os usuários. Elas fazem isso diante da inserção de cookies. A partir disso, elas se tornam aptas a realizar entregas cada vez mais segmentadas, sempre conforme os interesses daquela marca.

Uma DMP bastante conhecida é a Oracle BlueKai. Outra é a AdRoll. 

Quais sãos benefícios que a Mídia Programática traz para o seu negócio?

A Mídia Programática proporciona alguns benefícios para o seu negócio. A segmentação é apenas um deles, mas é possível levar em conta outros igualmente importantes. Veja quais são!

Mais alcance

A Mídia Programática possibilita atingir um público maior em vários sites, pois os lances são organizados para cada usuário que acessa o site. Diante disso, o público pode ser segmentado com maior alcance.

Ao usar os dados do cliente, o algoritmo detecta o que funciona melhor de acordo com cada usuário e o direciona aos sites com maior probabilidade de engajar.

Mais conhecimento a respeito dos clientes

A Mídia Programática reúne de forma contínua dados relevantes baseados no tipo de consumidor envolvido com a sua marca. Desse modo você tem condições de conhecer o seu cliente com mais exatidão.

Ao conhecer e compreender com mais propriedade o comportamento dos clientes, é possível criar ou adequar as suas ações de marketing com o intuito de aumentar o desempenho da campanha como um todo.

Ajuda na estratégia de retargeting

O retargeting é muito importante, pois ele possibilita aumentar a taxa de conversão do seu negócio, resultando em aumento das vendas e receita. Isso porque a Mídia Programática possibilita exibir o anúncio para quem já entrou em contato com a marca.

A Mídia Programática é uma excelente ferramenta que merece atenção

Hoje em dia, por mais que você possua um blog ou site para o seu negócio, feito em WordPress e com registro de domínio, é importante pensar em estratégias capazes de segmentar e impactar o público com mais eficiência.

Nesse contexto, a Mídia Programática é de bastante utilidade, pois permite a otimização de lances em tempo real e o alcance de audiências formadas por usuários que apresentam maior probabilidade de conversão.

Ela pode ajudar, por exemplo, algum negócio que está com dificuldade de gerar tráfego de alta qualidade no funil de vendas.

Portanto, é um importante recurso para várias campanhas digitais e cada vez mais ganha destaque em estratégias de marketing e propaganda. 

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 29 Novembro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/