Gorjetas e cadastros de usuários da Cabify viram doações

cabify-instituto-ayrton-senna
A parceria tem o propósito de contribuir com projetos educacionais da organização com foco na Educação Integral

Em parceria com o Instituto Ayrton Senna (IAS), a Cabify doará R$ 10,00 a cada novo usuário do seu aplicativo, além de dobrar a bonificação feita pelos passageiros aos motoristas de São Paulo, dando a mesma quantia à instituição que em 25 anos já beneficiou mais de 26 milhões de crianças e jovens em todo o país.

A parceria tem o propósito de contribuir com projetos educacionais da organização com foco na Educação Integral e que são implementados por meio de parceria com redes públicas de ensino de todo o Brasil. Os projetos buscam não apenas garantir a aprendizagem escolar adequada, mas também desenvolver competências importantes para o século 21, como colaboração, criatividade, pensamento crítico e resiliência.

As doações funcionam de duas formas: por meio de gorjetas, quando o usuário de São Paulo fizer o pagamento de uma bonificação ao motorista, a Cabify vai doar o mesmo valor para o Instituto Ayrton Senna e também para o condutor.

A outra forma é utilizando o voucher para novos usuários "JUNTOSPELAEDUCACAO", que doará R$ 10,00 para o IAS, além de R$ 10,00 de desconto em 2 viagens para os novos passageiros até 25 de agosto.

A dinâmica das gorjetas em dobro funciona a partir do momento que o passageiro de São Paulo avalia o motorista parceiro com 5 estrelas no final da corrida. A cada R$ 1,00 doado em gorjeta, a Cabify doará mais R$ 1,00 para o IAS e para o motorista parceiro. Para os taxistas, a dinâmica é um pouco diferente: eles terão uma meta semanal de avaliação de 5 estrelas para atingir. Batendo a meta, a Cabify doará um bônus ao profissional e parte de todas das corridas bem avaliadas para o IAS.

Veja mais notícias sobre Empresas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 18 Agosto 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário