Coca-Cola volta a produzir versão antiga para divulgar nova temporada de “Stranger Things”

newcoked.0.0-1200x720
Primeira ação da marca em parceria com a Netflix vai colocar quinhentas mil latas do maior fracasso comercial da história da empresa no mercado. (Foto: Divulgação)

Aproveitando a onda nostálgica dos anos 1980 produzida pela série "Stranger Things", a Coca-Cola resolveu trazer um de seus maiores fracassos da época. 

A fabricante fechou uma parceria com a Netflix para produzir uma edição limitada da New Coke a tempo da estreia da terceira temporada da série, que volta no próximo dia 4 de julho e é ambientado no verão de 1985, justamente a época de lançamento da "nova Coca-Cola".

A New Coke no caso foi uma grande reformulação que a Coca tentou implementar para substituir a fórmula do seu refrigerante no mercado, que vinha sendo dominado cada vez mais por bebidas diets e saudáveis e contando com a crescente participação da Pepsi. A ideia não caiu bem entre o público estadunidense, que não só parou de comprar a Coca como passou a rejeitar a marca – o que levou a empresa não só a "relançar" o refrigerante original, mas rebatizar a nova de "Coke II" e declarar que ela era uma "jogada de marketing" para impulsionar as vendas.

De acordo com a CNN, a ideia de retornar a New Coke ao mercado veio dos próprios Duffer, que pensaram a ação como uma publicidade da série. Por enquanto distribuída só nos Estados Unidos, o público poderá adquirir a nova versão da "nova Coca" de três maneiras: comprando a edição limitada do pack de "Stranger Things" com garrafas de vidro de Coca-Cola e Coca Zero, em vending machines temáticas da série que passearão pelas grandes cidades durante o verão estadunidense, ou comprando um ingresso no museu da empresa em Atlanta. Serão pouco menos de quinhentas mil latas disponíveis.

Veja mais notícias sobre Empresas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 17 Agosto 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário