Polícia Federal só deve ter recursos para emitir passaportes até agosto

PF_Passaporte_1
Os pedidos por passaporte só crescem no Brasil, superando em 10% o número no mesmo período do ano passado. (Foto: Divulgação)

Os pedidos por passaporte só crescem no Brasil, superando em 10% o número no mesmo período do ano passado. Com isso, crescem os custos para a fabricação e emissão do documento. 

O contingenciamento de verbas feito pelo governo federal e o limite de gastos previstos na Lei Orçamentária da União também afetou a Polícia Federal. De acordo com matéria do Estado de São Paulo, os recursos para a emissão de novos passaportes só serão suficientes até agosto. Não há maiores informações sobre o que será dessa função tão importante depois do limite declarado na matéria.

Quem, portanto, não tem passaporte ou está se aproximando do vencimento do documento deve ficar atento, e se apressar para colocar tal burocracia em dia. 

A taxa de emissão de um passaporte não é exatamente barata: R$ 257,25, para um documento com validade de dez anos, obrigatório para viagens internacionais, com exceção dos países membros do Mercosul – para os quais é possível viajar utilizando somente o RG. O pedido de passaporte deve ser feito no site da Polícia Federal. 

Veja mais notícias sobre EconomiaTurismo.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 17 Junho 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário