Inadimplência de micro e pequenas empresas bate recorde e chega a R$ 5,4 mi

As MPEs representam 95% do total das organizações (Divulgação)

A inadimplência das micro e pequenas empresas (MPE) chegou a 5,4 milhões em março. O número é o maior da série histórica, iniciada em março de 2016. A alta foi de 6,9%, na comparação com o mesmo mês do ano passado. 

dados foram divulgados pela Serasa Experian. Se computada a inadimplência das empresas de todos os portes, o registro também é recorde: 5,7 milhões. Em fevereiro de 2018, a quantidade era 5,6 milhões (alta de 0,8%). Quando comparada com março de 2018, o volume foi 4,5% maior. As MPEs representam 95% do total das empresas inadimplentes no país.

De acordo com a Serasa Experian, o fraco desempenho da atividade econômica durante o primeiro trimestre deste ano e a alta da inflação foram os responsáveis pelo aumento do número de MPE com dívidas atrasadas e negativadas.

Crédito
Na plataforma Serasa Empreendedor, da Serasa Experian, os MPE podem simular e até contratar opções de crédito, para quitação de dívidas, compra de equipamentos, estoque e fluxo de caixa, por exemplo. O marketplace de empréstimo é um serviço 100% digital e gratuito. Desde o seu lançamento, em abril do ano passado, já foram simulados mais de 2 bilhões em crédito dentro da plataforma.

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 17 Junho 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário