Sexta, 04 Dezembro 2020

Economia

Empresários de Alphaville aumentam pressão por reabertura de comércio

Economia

Empresários de Alphaville aumentam pressão por reabertura de comércio

Doria deve decidir na terça-feira (7) se renova a quarentena; "já há espaço para flexibilização", diz SinHoRes 

Doria deve decidir na terça-feira (7) se renova a quarentena; "já há espaço para flexibilização", diz SinHoRes. (Foto: Rodrigo Albertini/Arquivo Folha de Alphaville)

Apesar de estarem respeitando as restrições impostas por diferentes esferas de governo em resposta à pandemia do novo coronavírus, empresários de Alphaville e região têm aumentado a pressão pela retomada da atividade econômica. 

Favorável à reabertura gradual dos negócios, o SinHoRes Osasco – Alphaville e Região (Sindicato Empresarial de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares) enviou ao governador João Doria (PSDB) um ofício pedindo a retomada a partir do dia 7 de abril.

"Num primeiro momento, a medida (de isolamento) do governo estadual foi acertada, até para que seja preservado o sistema de saúde", diz Edson Pinto, presidente do sindicato patronal. "Mas agora eu acho que já há espaço para uma flexibilização", afirma ele, que diz manter boa interlocução com as autoridades estaduais. 

Outros empresários, porém, criticam Doria, a quem acusam de "politizar" a questão. "Os governadores estão politicando, usando palanque, para baixar o nível de aprovação do Governo Federal", disse um representante da categoria. 

Essa ala mostra-se mais alinhada ao discurso do presidente Jair Bolsonaro, que tem insistido - ao contrário das evidências científicas - na importância de se retomar a atividade econômica antes de "achatar" a curva de casos, o que impediria o colapso do sistema de saúde. 

"Existe mais uma briga política que de certa forma tem prejudicado principalmente a população de São Paulo", diz Roberto Pedroso, proprietário de 5 lojas da Ótica Center na região. "Doria está distante, ele causa uma divisão no povo", critica. 

O discurso começou a ganhar força em Alphaville logo após o pronunciamento feito pelo presidente no dia 25 de março, quando ele pediu que a população voltasse à normalidade. Na terça (31) porém, em nova fala na TV, Bolsonaro moderou o tom e falou que o enfrentamento à epidemia é o "maior desafio da nossa geração". 

Na próxima terça-feira (7), Doria irá decidir se renova a quarentena. "Aos empresários mais afoitos, aos empresários que estão preocupados com seus lucros, suas vantagens, benefícios e não têm o olhar humanitário para aquilo que fazem, a vida vem antes do lucro", disse o governador na terça (31). 

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 04 Dezembro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/