Com setor de franquias aquecido, Alphaville ganha unidade da Hostnet

Sérgio Luxo, ao lado do filho Rafael, abre em Alphaville o escritório de sua franquia (Foto: Michela Brígida/Folha de Alphaville)

O setor de franquias cresceu 7% no primeiro trimestre deste ano, de acordo com os dados da última pesquisa da Associação Brasileira de Franchising (ABF). O ritmo registrado é mais intenso, se comparado ao mesmo período de 2018, que foi de 5,1%. O faturamento passou de R$ 38,762 bilhões para 41,464 bilhões. Acompanhando esse momento, Alphaville também recebeu, recentemente, a franquia Hostnet. A empresa, que possui quase 20 anos de existência e aproximadamente 50 mil clientes, é especializada em oferecer serviços web como a criação de sites e e-mails personalizados para empresas. 

À frente do negócio, o morador de Alphaville, Sérgio Luxo, diz que a marca está consolidada no setor de tecnologia: "Moro aqui há 15 anos e acompanho o crescimento deste bairro que se tornou uma 'cidade'. Alphaville concentra um grande número de empresas, mas também é um lugar onde se iniciam muitos negócios. Coincidentemente, nossos servidores estão num dos maiores data-centers da América do Sul, em Alphaville-Tamboré. Esse data-center hospeda grandes empresas de mídia em internet reconhecidas mundialmente e isso demonstra a solidez e confiabilidade da Hostnet.", ressalta.

Sobre as expectativas para o mercado na região, Luxo afirma que estão se confirmando: "Nós detectamos exatamente o que imaginávamos. Várias empresas não têm sites nem e-mails profissionais e as que têm, em sua grande maioria não são seguros, facilitando a invasão por hackers". O empresário destacou que a Hostnet chega para facilitar a criação de e-mails e hospedagem de sites, lojas virtuais e marketing digital para as pequenas e médias empresas com um preço justo e de maneira confiável. 

O empresário projeta um ano positivo para o mercado brasileiro. "Esse é o momento, o país vai crescer muito nos próximos anos, o brasileiro é empreendedor, quem movimenta o mercado são empresas pequenas e médias, que vão precisar de todo tipo de serviços especializados. Quem tiver estrutura e excelente atendimento vai sair na frente", finaliza.

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 07 Dezembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário