Domingo, 14 Agosto 2022

Economia

Barueri atrai 1.311 empresas no primeiro quadrimestre deste ano

Economia

Barueri atrai 1.311 empresas no primeiro quadrimestre deste ano

Município teve alta de 13,8% no número de empresas abertas 

. Tacyo Munhoz, CEO da startup, disse que resultado de estudo foi positivo e determinante para instalação da Oito. (Foto: Divulgação)

O estado de São Paulo registrou o número recorde de abertura de empresas nos primeiros quatro meses do ano, com 94.043 CNPJs. É o melhor desempenho do período já registrado nos últimos 24 anos, superando os 88.618 novos empreendimentos computados no primeiro quadrimestre de 2021 - até então o melhor. Os dados são da JUCESP (Junta Comercial do Estado de São Paulo), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo (SDE).

A pedido da reportagem, o órgão levantou que, no primeiro quadrimestre de 2022, Barueri registrou a abertura de 1.311 empresas, em comparação às 1.152 abertas em 2021, uma alta de 13,8%. Dos processos de constituições analisados no período, as atividades econômicas que mais tiveram destaque foram as profissionais, científicas e técnicas, 16,91%, seguida de comércio, reparação de veículos e motocicletas, 16,68% e de informação e comunicação 14,61%.

A startup Oito Crédito Imobiliário é uma das empresas que chega a Barueri na esteira do crescimento registrado na instalação de corporações ligadas às atividades imobiliárias, alta de 3,44%, no primeiro quadrimestre.

A empresa, que facilita o acesso a crédito para financiamento imobiliários, abre unidade dentro de um projeto de expansão que incluiu a inauguração de 11 filiais, e outras 18 até o fim deste ano, num crescimento de aproximadamente 160%, comparado a 2021. "Barueri e Alphaville era um desejo antigo de expansão da Oito. A região tem crescido muito, principalmente na oferta de imóveis de alto padrão, temos uma frente especializada para esse tipo de empreendimento", explica o CEO e um dos fundadores da Oito, Tacyo Munhoz.

Para chegar a esse mercado, Munhoz diz que foi feito um estudo de mercado, que levou em conta o VGV (Valor Geral de Vendas) praticado na região e pelas instituições bancárias, bem como o ticket médio de financiamentos. "Os resultados foram muito positivos e determinantes para inaugurarmos a filial", afirma.

Apesar do cenário pós -pandemia ter afetado o mercado imobiliário, por conta das taxas de juros que estão acompanhando o aumento da Selic, o empresário avalia que o setor continua aquecido. "Os vendedores estão mais flexíveis nas negociações", acredita.

Novas frentes

Ao longo dos 7 anos da empresa, a Oito detectou uma busca por soluções ligadas a outras esferas relacionadas à habitação. "Por isso, firmamos o Clube Oito, em parceria com a Magazine Luiza, para ajudar nossos clientes a mobiliar seus novos lares e inauguramos a Oito Energia Solar, voltada para ajudar os clientes a economizarem aproximadamente 90% em sua conta de energia. "Nossos clientes buscam por esse tipo de tecnologia, que traz entre seus benefícios autossuficiência, a diminuição das contas de energia, o investimento em um ativo que dura mais de 25 anos, e, sobretudo, a contribuição com o meio ambiente". 

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 14 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/