Domingo, 17 Outubro 2021

Colunistas

Qual chocolate é o mais saudável?

Colunistas

Qual chocolate é o mais saudável?

Saiba como optar por alterativas mais saudáveis na Páscoa 

Sem Capa

A Páscoa está chegando e com ela surge uma variedade enorme de opções de ovos de chocolate nos mercados e lojas, do tradicional chocolate ao leite até o diet, recheado, amargo, branco, mas afinal qual a real diferença entre eles e como optar por alternativas mais saudáveis?

Entenda melhor os tipos de chocolate:

Chocolate branco: contém leite, açúcar e manteiga de cacau, mas não leva a massa de cacau, portanto tem muito mais açúcar e gordura em sua composição e não apresenta benefícios.

Chocolate ao leite: contém os mesmos ingredientes que o chocolate amargo, mas suas proporções são diferentes. Tem leite em pó e maior concentração de açúcar e gordura que garantem a cremosidade e o sabor doce. Como tem menos cacau, é pobre em nutrientes e fitoquímicos e não proporciona benefícios ao organismo como a versão amarga. As opções recheadas ainda levam maior quantidade de gordura saturada, hidrogenada.

Chocolate amargo: o principal ingrediente é massa de cacau que pode variar de 65% a 100%, o restante é manteiga de cacau e açúcar. Quanto maior o teor de cacau, mais amargo, menos manteiga de cacau e menos açúcar ele terá, ou seja, será mais puro, nutritivo e rico em fitoquímicos. Ainda existem opções adoçadas com açúcar mascavo, açúcar de coco, stévia ou xilitol, mais saudáveis ainda.

Quanto mais amargo o chocolate, mais benefícios:

O cacau é fonte de manganês, cobre, magnésio, ferro, fósforo, cálcio, potássio e vitaminas A, D, E, além das do complexo B. Ainda é rico em polifenóis, compostos anti–oxidantes que apresentam muitos benefícios, entre eles proteção cardiovascular e melhora do perfil lipídico, controlando o colesterol.

O chocolate amargo exerce um efeito benéfico sobre a saúde cardiovascular. Este efeito pode ser exercido de diversas maneiras: melhorando função plaquetária e sensibilidade à insulina, controlando pressão arterial e atuando no sistema antioxidante.

Por ser fonte de flavonoides, tem potente ação anti-inflamatória e antioxidante e pode prevenir os danos causados pelo sol, sendo um super aliado para pele. Vale ressaltar que o açúcar diminui a capacidade antioxidante do cacau, portanto quanto mais puro, maior os benefícios.

Lembre-se que nada em excesso faz bem, portanto a dose recomendada é de 20 a 30 gramas ao dia do chocolate amargo, maiores serão os benefícios.

Caso opte pelas versões mais calóricas dos ovos de Páscoa, tente manter a porção de no máximo 20 a 30g ao dia, combinado?!

Boa Páscoa e Aproveite com Moderação! 


Jéssica Borrelli

Nutricionista Esportiva e Funcional

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 17 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/