Para proteger Reserva, Parnaíba compra câmeras de segurança

Tegra pede também que condomínios ajudem na vigilância (Foto: Michela Brígida/Folha de Alphaville)

Preocupados com as denúncias de retirada de arbustos, desmatamento e caça irregular na Reserva Tamboré, a Prefeitura de Santana de Parnaíba e o Instituto Tegra, que promovem a cogestão do local, estão investindo em sistema de segurança para o local. O espaço deverá ganhar câmeras de videomonitoramento nos próximos meses.

A administração municipal de Parnaíba abriu um processo de licitação para a compra de câmeras para reforço do monitoramento. Os equipamentos serão voltados para o monitoramento de fauna.

Já a Tegra informa que têm buscado parceiras com condomínios vizinhos a Reserva. "Estamos vendo a disponibilidade dos edifícios próximos para direcionarem também as suas câmeras de segurança para as vias de acesso à Reserva", informou o Instituto em nota. 

Gestão entre condomínios
Questionada sobre a possibilidade de dividir a gestão da Reserva Tamboré entre os condomínios da região, proposta encabeçada por Carlos Falk, presidente do Residencial Tamboré 11, a Tegra informou que "estimula que todos os munícipes a serem guardiões do patrimônio público".

De acordo com Carlos Falk, a sugestão foi encaminhada à Tegra e à Secretaria de Meio Ambiente de Parnaíba e sugere que a gestão do espaço seja passada para os condomínios da região. "Apresentei a proposta para os moradores da região e tivemos bastante adesão. Supomos um custo médio de R$ 1000 para cada condomínio que quiser participar, sendo que esse valor seria dividido por todos os moradores, o que não deve pesar", explicou. 

A proposta apresentada é uma solução para a transição de gestão da Reserva, que deve nos próximos anos ter a saída do Instituto Tegra da administração, conforme informou a reportagem anteriormente.

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 18 Novembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário