Municípios discutem tratamento do lixo por meio de consórcio regional

Aterro em Santana de Parnaíba recebe resíduos de cidades como Barueri (Foto: Michela Brígida/Folha de Alphaville)

A Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Governo do Estado de São Paulo assinou na semana passada um protocolo de intenções com a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe) para o desenvolvimento de cooperação técnica na gestão e gerenciamento de resíduos sólidos no território paulista. O convênio terá duração de dois anos e prevê metas para reduzir o descarte irregular de lixo em aterros. Barueri e Santana de Parnaíba estão na lista de cidades beneficiadas com a ação. 

O assunto, no entanto, interessa também a outras cidades da região. Em recente reunião do Consórcio Intermunicipal da Região Oeste (Cioeste), composto pelas cidades de Barueri, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus e Santana de Parnaíba, os prefeitos discutiram sobre a criação de um sistema de tratamento regional de lixo, com tecnologia avançada. 

O projeto foi divulgado pelo presidente do consórcio e prefeito de Itapevi, Igor Soares, em suas redes sociais. "Conversamos sobre um projeto pioneiro no Brasil para tratamento do lixo, com reciclagem e destinação final dos resíduos, beneficiando todas as cidades da região, colaborando com a preservação do meio ambiente e com custo menor para os municípios."

De acordo com assessoria de Igor, o projeto ainda está em estudo e "passará por avaliações dos modelos possíveis e viáveis". Segundo a gestão, o assunto entrou em discussão porque a região conta com dois aterros, um em Itapevi e outro em Santana de Parnaíba, ambos com vida útil se esgotando.

O convênio
Segundo o governo, com a parceria firmada, serão estabelecidas novas rotas tecnológicas, arranjos produtivos diferenciados e será dado apoio aos municípios paulistas, com priorização das soluções regionalizadas e consorciadas. No pacote estão previstos encontros técnicos, cursos, seminários, palestras, estudos, capacitação, programas e ações de assistência técnica para a implantação das determinações das Políticas Nacional e Paulista de Resíduos Sólidos.

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 23 Setembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário