Mesmo com autorização, municípios não mudam horários dos comércios

Desde o dia 15 de junho, os comércios de rua de Barueri e Parnaíba foram autorizados a reabrir com restrições (Foto: Alissom Roberto/Secom Barueri)
Em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (2/7), o Governo do Estado afirmou que, nos próximos dias, um decreto deve ser publicado autorizando a ampliação do horário de funcionamento dos comércios dos municípios que estão na fase laranja do Plano São Paulo. As cidades de Barueri e Santana de Parnaíba se enquadram nesta etapa, mas conforme informaram à reportagem, não pretendem alterar a atual carga.

Atualmente, o plano elaborado pelo governo recomenda que os estabelecimentos podem funcionar durante sete dias da semana, mas pelo período reduzido de quatro horas por dia. Com a mudança, os locais poderão optar por funcionar por seis horas diárias, mas por quatro dias da semana.

"Nós fizemos a avaliação da operação que existe hoje recomendada de 4 horas com o funcionamento de 20% da capacidade e o ponto que o Centro de Contingência colocou aqui como opcional seria o funcionamento por seis horas durante 4 dias úteis, operando 4 dias, fechando 3 dias, para que isso viabilize um melhor planejamento do comércio e garantindo a segurança no aspecto de saúde. Ele será incluído como uma das respostas dos pleitos setoriais e será aqui objeto do decreto que será publicado nos próximos dias para funcionamento a partir da semana que vem na fase laranja", afirmou Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico.

Na região
Em contato com a reportagem, a Prefeitura de Barueri informou que a gestão não pensa, por enquanto, em alterar as normas de funcionamento dos comércios na cidade. Segundo documento publicado, os estabelecimentos devem trabalhar com a jornada reduzida de, no máximo, 6 horas diárias, "e com limitação de entrada e permanência de pessoas a 20% da sua capacidade".

Em Santana de Parnaíba, segundo a administração municipal, as normas continuarão as mesmas. "O posicionamento do município, conforme o Plano de Retomada da Economia, divulgado no dia 13 de junho, é para que os estabelecimentos comerciais funcionem pelo período de 4 horas por dia, optando pelos horários das 10h às 14h ou das 16h às 20h", destacou. 

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 06 Agosto 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário