Sábado, 27 Novembro 2021

Cidades

Grande incêndio atinge área industrial em Barueri e faz quatro vítimas fatais

No Jd. Califórnia Cidades

Grande incêndio atinge área industrial em Barueri e faz quatro vítimas fatais

 Ocorrência foi nesta quinta-feira (26). Fumaça preta foi vista em vários pontos da cidade, como Alphaville

Incêndio começou às 11h28 e cerca de 97 homens trabalharam no combate ao fogo (Foto: Benjamim Sepulvida/Secom Barueri)
Nesta quinta-feira (26), um incêndio de grandes proporções atingiu uma área industrial, localizada no Jardim Califórnia, em Barueri, e fez quatro vítimas fatais, sendo uma mulher, duas crianças e um bebê de 11 meses da mesma família. Nas redes sociais, moradores de Alphaville relataram que era possível ver a fumaça preta, derivada de produtos tóxicos, mesmo o bairro ficando a uma distância de, aproximadamente, 10km.

Segundo informações publicadas pela prefeitura, atualizadas às 17h30, o fogo teria começado por volta das 11h28 em uma indústria de produtos químicos e chegou a uma outra empresa de plásticos. No total, nove edificações foram atingidas, das quais duas são residências. 

Ainda de acordo com as informações, oito pessoas foram socorridas, sendo que duas estão internadas em estado grave no Hospital Municipal de Barueri com 80% dos corpos queimados. As outras seis foram levadas ao Pronto-socorro Central comferimentos leves. Um total de 28 viaturas do Corpo de Bombeiros atuaram na ocorrência e as causas do incêndio ainda não foram divulgadas. A área foi isolada, porque a fumaça era tóxica, segundo o Corpo de Bombeiros. 

Qualidade do ar 
Episódios de incêndios como esse impactam diretamente na qualidade do ar, principalmente nesta época do ano em que há um maior período de estiagem. Nesta quinta-feira (26), por exemplo, até as 15h, a qualidade do ar na estação de Carapicuíba, a mais próxima de Alphaville, estava moderada, com 80 micrograma/m³ de partículas inaláveis. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estabelece que, em 24 horas, o nível seguro é de até 50 microgramas/m³. 

"Partículas inaláveis são aquelas que vêm das queimadas, de combustíveis, carvões, fumaça, que vão para atmosfera e nós inalamos ao respirar. Esse poluente nos preocupa bastante, pois ao inalá-los, ele entra no trato respiratório, vai até os alvéolos e a pessoa pode ter sintomas relativos a doenças respiratórias", explicou Lucia Guardani, gerente da Divisão de Qualidade do Ar da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb). 

Ainda de acordo com a especialista, a qualidade do ar depende das condições meteorológicas. "Nesses dias que não chove, as condições são bem desfavoráveis para a dispersão desses poluentes", disse. 
Previsão do tempo 
Nos próximos dias, há previsão de mudança no clima, o que deve ajudar na qualidade do ar. Segundo o Climatempo, nesta sexta-feira (27), está prevista a chegada de uma nova frente fria, que deixará o tempo instável, trazendo pancadas de chuva para a região. 

A máxima será de 20°, com 90% de chance de chuva. Já no sábado (28) e domingo (29), as máximas devem ser de 21° nos dois dias e há 90% de possibilidade de chover.
Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 27 Novembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/