Estado diz que mudança do Ceasa pode ocorrer em até quatro anos

Administração paulista tem como prioridade assumir gestão do entreposto, que era da União (Foto: Michela Brígida/Folha de Alphaville)

A transferência de gestão da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) da União para o Estado de São Paulo, acordo feito entre o presidente Jair Bolsonaro e o governador João Doria, em abril deste ano, é a prioridade para a administração paulista neste momento. Com o processo em andamento entre os governos Federal e Estadual, a escolha da nova sede e a mudança de endereço do entreposto deverão ser atrasadas.

De acordo com o secretário estadual de Agricultura e Abastecimento, Gustavo Junqueira, com exclusividade à Folha de Alphaville, a administração está com foco no movimento de negociação para assumir a gestão no Ceasa. "Temos como prioridade finalizar essa transição, para depois prosseguirmos com as demais etapas, que são a definição do novo lugar e a mudança concreta do endereço", disse. 

Ainda segundo o secretário, não houve uma definição quanto à nova sede do entreposto. "Estamos analisando todas as quatro propostas que nos foram apresentadas. Temos ouvido os investidores para avaliarmos qual a melhor opção economicamente e a que não possua efeitos negativos para a qualidade de vida da população. Até o final do ano, deveremos ter o resultado", disse Junqueira. 

Ao contrário do que afirmou anteriormente o governador João Doria, sobre a data de funcionamento do novo endereço do Ceasa em 2020, as projeções atuais para o início das atividades foram adiadas. "Para que o atual entreposto seja desativado, é preciso que o novo já esteja pronto. E a construção do novo prédio demora um tempo, de três a quatro anos", explicou o secretário de Agricultura e Abastecimento.

Propostas
Entre as quatro propostas apresentadas ao Governo do Estado para o novo local do Ceasa, duas estão na região. Um dos projetos é da Fral Consultoria, que prevê a instalação do entreposto em um terreno na Lagoa de Carapicuíba, em Barueri; e o outro é da Ideal Partners, empresa que pretende trazer o entreposto para a cidade de Santana de Parnaíba.

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 17 Agosto 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário