Em pesquisa, 80% dos moradores de Barueri e Parnaíba afirmam ficar mais de 2h sem água

Morada dos Pássaros é um dos condomínios que mais relatou desabastecimento (Foto: Michela Brígida/Folha de Alphaville)

A 2ª edição da Pesquisa de Satisfação dos Usuários Residenciais dos Serviços de Água e Esgoto dos municípios regulados pela Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo – Arsesp, divulgada na última semana, apontou um bom índice de contentamento com os serviços oferecidos pela Companhia de Saneamento Básico - Sabesp em Barueri e Santana de Parnaíba- nota 7. Apesar da média, mais de 80% dos moradores entrevistados nas duas cidades alegaram registrar interrupções no abastecimento, ao ficar duas ou mais horas sem água.

Dados solicitados pela reportagem à Arsesp, mostram que ao longo no ano passado, a agência recebeu 33 reclamações sobre interrupções no fornecimento de água nas duas cidades. O baixo número de reivindicações coincide com o fato de menos de 20% da população dos dois municípios conhecerem os serviços oferecidos pela empresa, que fiscaliza a Sabesp.

Porém, nas redes sociais, o cenário é distinto. Moradores de diversos condomínios relatam, ao menos uma vez por semana, terem o abastecimento prejudicado, seja por interrupção completa ou diminuição na pressão da água.

Condôminos do Morada dos Pássaros, em Aldeia da Serra afirmam ter problemas com abastecimento há meses. "No final da tarde a Sabesp desliga o abastecimento de água no condomínio e só religa às 5h da manhã. Eles disseram que as 23h reduzem o fluxo de água "que não desligam" e as 5:00 religam, mas há muitas controvérsias nisso", disse uma moradora.

Posicionamento
Questionada sobre essa situação, que aconteceu também no condomínio dos Pinheiros, na mesma região e, recentemente, nos residenciais Alphaville 9 e 10, a Sabesp informou que "abastecimento já está normalizado nas localidades e que o desabastecimento na região de Aldeia da Serra e em Alphaville foram decorrentes de falta de energia elétrica, o que prejudicou as estações de bombeamento", explicou o órgão.

A Sabesp informou ainda que realiza a implantação de mais de 14 km de grandes adutoras para melhorar o atendimento do abastecimento na região de Barueri - Santana de Parnaíba, que deverão entrar em operação até o início de 2020. "Para a região de Aldeia da Serra já foram executadas mais de 9 km de adutoras e a implantação de duas estações de bombeamento de alta capacidade, que permitirão integrar aquela região ao Sistema Integrado Metropolitano", acrescentou a empresa. 

Veja mais notícias sobre Santana de ParnaíbaBarueriCidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 12 Novembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário