Sábado, 27 Novembro 2021

Cidades

Por conta da pandemia, Parnaíba terá Corpus Christi com missas virtuais

Cidades

Por conta da pandemia, Parnaíba terá Corpus Christi com missas virtuais

Para evitar aglomerações e contaminações pela Covid-19, não haverá tradicional tapete artesanal feito por moradores 

Primeira celebração será transmitida pelo Facebook da Prefeitura, a partir das 9h (Foto: Fabiano Martins)
Devido à pandemia da Covid-19, e para evitar aglomerações, o feriado de Corpus Christi em Santana de Parnaíba, celebrado nesta quinta-feira (3), não contará com o tradicional tapete artesanal feito por moradores e fiéis do município, que atraiam milhares de visitantes ao município. A solenidade contará com a realização de missa na igreja Matriz que será transmitida ao vivo pela página oficial da Prefeitura no Facebook, que organiza o evento em parceria com a Paróquia Santa Ana. 

Serão realizadas duas missas na Igreja Matriz Santa Ana para a celebração da data. A primeira, às 9h, presidida pelo Bispo Dom Vicente Costa e transmissão ao vivo pela página oficial da gestão e a segunda, às 19h, presidida pelo Pároco local, Padre Marcelo Augusto, com transmissão ao vivo na página da Paróquia Santa Ana - Diocese de Jundiaí

Corpus Christi em Santana de Parnaíba

O evento de Corpus Christi em Santana de Parnaíba é considerado um dos principais atrativo turísticos que chegam nas primeiras horas do dia para conferir a beleza dos tapetes de serragem tingida ao longo dos 850 metros das ruas do Centro Histórico, que tem seus desenhos idealizados por artista plástico da cidade e são confeccionados por moradores e fiéis, que dão forma aos mais de 60 quadros temáticos que simbolizam o cristianismo.

Além disso, são realizadas missas ao longo do dia na igreja Matriz e após a última missa a procissão nos tapetes coloridos. Os visitantes também aproveitam para desfrutar da culinária de restaurantes locais e conferir as feirinhas de gastronomia e artesanatos que também dão todo charme à festa.

Não há um registro exato sobre quando as ruas da cidade começaram a ser enfeitadas para o dia de Corpus Christi, mas até 1968 as janelas do Centro Histórico eram ornamentadas com flores vermelhas de São João.


Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 27 Novembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/