Controle de Endemias faz alerta de barbeiros na região

A espécie encontrada na região tem corpo acastanhado e listras vermelhas na lateral (Foto: Divulgação)

Fabiana Mendes, moradora de um residencial em Santana de Parnaíba, encontrou no feriado de 9 de julho um barbeiro na coluna da garagem da casa. "Atônita, eu chamei meu pai e ele matou o inseto, não acionamos nenhum órgão", relata. 

O caso não é incomum. A Região Metropolitana de São Paulo tem registrado o aparecimento de barbeiros. Parnaíba e Carapicuíba são alguns dos municípios em que a espécie Panstrongylus megistus foi encontrada. "No primeiro município, o inseto foi encontrado em janeiro deste ano em uma casa em condomínio, próximo à mata. Em Carapicuíba, foram achados 57 em três casas na mesma propriedade em 2018, considerado o primeiro foco na região", explicou Rubens Antônio Silva, biólogo da Superintendência de Controle de Endemias (SUCEN), à Folha de Alphaville. 

Rubens ainda alerta que o inseto pode estar também em Barueri. Isso porque, segundo o biólogo, os triatomíneos na região seguem um padrão relacionado a reservas de área verde. "Precisamos que as cidades que têm casas próximas de mata façam ações educativas para que os moradores notifiquem a SUCEN. Acreditamos que temos um volume maior de barbeiros", disse.


Doença de chagas

De acordo com Rubens, o barbeiro encontrado em Santana de Parnaíba não estava infectado com o Trypanosoma cruzi, agente da doença de chagas. A cidade nunca teve registro da patologia. "A transmissão do passado não devemos ter. A forma mais comum agora é a transmissão oral, por alimentos contaminados. Por isso, é preciso olhar debaixo do colchão, atrás de quadros, pois esta espécie se adapta ao ambiente humano. Outra questão é não alimentar gambás e saruês, pois os barbeiros podem estar junto deles", ressaltou. Caso encontre a espécie em casa, a orientação é encaminhá-lo para a Unidade de Vigilância e Zoonoses da cidade ou para a Vigilância Epidemiológica municipal. Os contatos com os órgãos podem ser feitos por meio dos telefones (11) 4163-1049, em Barueri, e em Santana de Parnaíba no (11) 4154-6133. 

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 18 Agosto 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário