Domingo, 14 Agosto 2022

Cidades

Conseg alerta sobre a importância de denunciar crimes aos órgãos

Segurança Cidades

Conseg alerta sobre a importância de denunciar crimes aos órgãos

Conselho enfatizou que moradores não devem compartilhar notícias duvidosas 

Orgão realiza reuniões mensais, onde são apresentados pelos representantes da segurança pública, os índices do mês anterior (Foto: Christiane Burti / CONSEG)

Nos últimos tempos, o assunto segurança está em pauta entre os moradores de Alphaville, com relatos nas redes sociais sobre ocorrências relacionadas à criminalidade. 

Segundo Gislane Lima, presidente do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) Alphaville – Tamboré, órgão que atua para aproximar a sociedade civil e os representantes da segurança pública estadual, de tempos em tempos, ocorrem notícias do aumento da criminalidade na região, mas que o diferencial está no trabalho integrado da segurança estadual, municipal e privada na solução dos crimes ocorridos.

"A sensação de segurança, por vezes, está ligada à presença física da polícia. Porém, a segurança pública atua conforme dados decorrentes dos boletins de ocorrência apresentados. Não é apenas trabalho presencial, mas baseado no planejamento e estratégia de combate ao crime. Como comparativo, na Capital são registrados mais de 100 roubos por 100.000 habitantes, por mês e, em Alphaville, menos de cinco", explicou Gislane. 

Contribuição 

De acordo com a presidente do Conseg, que atua há 25 anos no bairro, para contribuir no aumento da segurança, os moradores precisam colaborar com as investigações sempre que solicitada sua presença e não compartilhar informações duvidosas.

"Entrar em contato com órgãos oficiais, como a Polícia Civil, Polícia Militar ou Guarda Civil Municipal, deve ser a primeira conduta de quem tem contato com ocorrências ou informações relevantes sobre segurança. Colaborar com as investigações sempre que solicitada sua presença, pois alguns casos não são solucionados por falta de depoimento da vítima, por exemplo. Realizar denúncias de forma presencial, na delegacia, ou pela internet, pelo boletim eletrônico", apontou Gislane. 

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 14 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/