Cidades

Prefeitura de Barueri enfrenta baixa cobertura vacinal contra gripe

Vacine-se Cidades

Prefeitura de Barueri enfrenta baixa cobertura vacinal contra gripe

Segundo a gestão, até o dia 4, o grupo com menor cobertura vacinal era o de puérperas (3,5%) e gestantes (6,4%) 

A imunização acontece em todas as Unidades Básicas de Saúde, de segunda a sexta-feira (Foto: Lourivaldo Fio/Secom Barueri)

Assim como no país, Barueri enfrenta uma baixa procura pela vacina contra a Influenza (gripe), chegando a 33,86% do grupo prioritário imunizado. A meta é chegar a 90%. 

Segundo a prefeitura, até o dia 4, o grupo com menor cobertura vacinal era o de puérperas (3,5%) e gestantes (6,4%). Em seguida, aparecem as crianças (17,7%), trabalhadores de saúde (34,3%) e idosos (49,8%). 

"A influenza é uma doença sazonal, com maior ocorrência no outono e inverno, acometendo com maior severidade a população mais vulnerável, assim, ressaltamos que é de extrema importância a imunização", destacou a gestão. 

A imunização acontece em todas as Unidades Básicas de Saúde, de segunda a sexta-feira. 

Novos grupos 

No dia 16, um novo grupo deve começar a receber a vacina contra a gripe, entre eles, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento e forças armadas. 

Desde a segunda-feira (9), Barueri iniciou a imunização de professores, pessoas com deficiência, povos indígenas e a população quilombola. 

Até o fechamento da edição, a Prefeitura de Santana de Parnaíba não retornou sobre o assunto.

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 17 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/