Segunda, 30 Novembro 2020

Cidades

Cidades da região avaliam adiamento do Carnaval

Cidades

Cidades da região avaliam adiamento do Carnaval

Medida será analisada. Em São Paulo, desfiles e blocos serão no fim de maio ou começo de julho 

Em Parnaíba, Posição sobre adiamento será feito após análise da pandemia em dezembro no município e nas cidades vizinhas (Foto: Andrea Felizolla/Arquivo Folha de Alphaville)
No dia 24, o Prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anunciou que o carnaval de rua e os desfiles das escolas de samba de 2021 na cidade serão adiados por conta da pandemia da Covid-19. O evento, que é um dos mais esperados, deveria acontecer no começo de fevereiro. Barueri e Santana de Parnaíba analisam mudar a data da folia na região também. 

Segundo informações da prefeitura da capital, a nova data ainda não foi definida, mas a Liga das Escolas de Samba de São Paulo propõe que os desfiles aconteçam a partir do fim de maio ou começo de julho.

Na região
Em contato com à reportagem, a Prefeitura de Santana de Parnaíba informou que ainda não há uma definição sobre como se dará o adiamento do carnaval, bem como se haverá novas datas. A folia na cidade é uma das mais tradicionais da região. 

"Esse posicionamento será feito após uma análise sobre o panorama da pandemia em meados de dezembro no município e nas cidades vizinhas, para então avaliar a viabilidade ou não da realização dos eventos relacionados a data", explicou a gestão. 

Já o secretário de Cultura e Turismo de Barueri, Jean Gaspar, explicou que está conversando com os presidentes das Escolas de Samba do município para entender a situação. 

"No dia 10 de agosto, haverá uma reunião com o Conselho Municipal da Cultura e representantes das Escolas de Samba. A proposta é adiar o Carnaval, assim como foi decidido em São Paulo, mas só teremos uma resposta oficial após a reunião", ressaltou. 

Opinião

Integrantes do Bloco do Bertinho, que desde 2017 faz parte do carnaval em Parnaíba, disseram que, caso a folia seja adiada, seguirão as recomendações da gestão. "Esperamos que até lá tudo esteja resolvido por meio de uma vacina eficaz contra o coronavírus. Caso isso não ocorra a tempo, aguardaremos ansiosos por uma programação determinada pelo Governo", destacou.

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 30 Novembro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/