Após testes, Sabesp instalará hidrômetros inteligentes na região

Equipamento permite a mediação do consumo remotamente (Foto: Divulgação/Sabesp)
A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) anunciou, nesta segunda-feira (30), a instalação de 100 mil hidrômetros inteligentes com a tecnologia IoT (Internet das Coisas, tradução livre do termo em inglês Internet of Things), para medir o consumo de água de forma remota. Os equipamentos serão colocados na maioria dos clientes da Companhia na Grande São Paulo, incluindo Barueri e Santana de Parnaíba. 

Segundo a Sabesp, nas duas cidades, haverá aproximadamente 2.900 pontos com hidrômetros inteligentes. "A previsão de início de implantação é para o primeiro semestre de 2020. O investimento total neste projeto é de R$ 110,9 milhões, incluindo a aquisição dos equipamentos e a contratação do serviço de dados", revelou a empresa à Folha de Alphaville

De acordo com a companhia, com a nova tecnologia, a empresa receberá diariamente informações de consumo dos clientes. "Os novos medidores, por não possuírem partes móveis, têm maior vida útil do que os aparelhos comuns. Além disso, tanto Sabesp quanto os clientes poderão identificar anomalias, como a existência de possíveis vazamentos, evitando perdas de água", destacou. Após a implantação, o próximo passo será disponibilizar ao consumidor a medição diária por meio do aplicativo Sabesp Mobile. 

Fase de testes

No ano passado, a Sabesp iniciou um projeto-piloto com a instalação de hidrômetros inteligentes em 500 pontos. Nesta etapa, a companhia pôde verificar, por exemplo, anomalias de consumo. "Tivemos um caso de uma escola em São Paulo, que se livrou de um vazamento depois que foi detectada alta incomum de consumo no período noturno", explicou a empresa. 

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 21 Outubro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário