Cidades

Após críticas, Barueri adia volta às aulas presenciais

Nova decisão Cidades

Após críticas, Barueri adia volta às aulas presenciais

Segundo o prefeito Rubens Furlan, agora a ideia é retomar às atividades presenciais nas escolas no dia 3 de maio. Anteriormente, o retorno estava marcado para o dia 19

Em vídeo, Furlan afirmou que a decisão de retorno às atividades tinha sido tomada, pois ele se preocupa com o bem-estar social da população (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Nesta terça-feira (13), o prefeito Rubens Furlan anunciou o cancelamento do retorno às aulas presenciais na rede municipal de ensino de Barueri no dia 19. Segundo o gestor, a decisão foi tomada, pois 80% de todos os comentários foram absolutamente contra a volta às atividades.

"Eu reuni os profissionais da educação e eles disseram que, de fato, não é o momento ideal para a volta às aulas. Então cancelamos, não volta mais no dia 19, vamos colocar mais 15 dias para frente, dia 3 de maio. Lá faremos uma outra análise, antes mesmo de tomar a decisão. Se o momento for mais favorável do que este, nós voltamos às aulas, se não for, nós esperamos um pouco mais", explicou o gestor em vídeo.

Ainda de acordo com Furlan, a decisão de retorno às atividades tinha sido tomada, pois ele se preocupa com o bem-estar social da população. 

"A minha decisão de volta às aulas anunciada ontem (12) foi justamente porque eu entendi que a população estava preocupada com a educação de seus filhos como eu estou. Porém se a população não deseja que as aulas aconteçam e retomem agora, não tem problema", destacou. 

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 20 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/