Apesar de queda no congestionamento, moradores relatam tráfego moroso

Levantamento diz que trânsito reduziu 8% nas cidades (Foto: Michela Brígida/FDA)

O índice de congestionamento na Região Oeste de São Paulo diminuiu e passou para 18,1% em 2018, de acordo com uma pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas- Fipe, divulgada no início desta semana.

Entre as cidades analisadas estão Barueri, Santana de Parnaíba, Cotia, Carapicuíba, Itapevi, Taboão e Itapecerica da Serra.Segundo o estudo, o índice de congestionamento reduziu mais de 8% na região, uma vez que em 2016 a taxa era de 26,2%.

Apesar disso, em Alphaville, moradores afirmam que a situação de trânsito intenso acontece mais frequentemente a cada dia.

O indicador, que representa o tempo extra dos deslocamentos em relação ao que seria possível se houvesse tráfego livre, foi construído a partir da plataforma Uber Movement. O sistema disponibiliza o tempo médio dos percursos entre centenas de áreas da Grande São Paulo, calculado a partir dos dados agregados de viagens pelo aplicativo.

Contrapondo à pesquisa que aponta uma relativa melhora nos congestionamentos, moradores de Alphaville e Tamboré demonstram cotidianamente insatisfação com a situação de tráfego da região, por meio de grupos nas redes sociais. "É insuportável o trânsito entre às 8h e às 17h em todas as vias, gigantesco", disse um morador. "Cidade saturada de veículos, em cada carro apenas uma pessoa, e muitos estão indo para o mesmo lugar", alegou outro.

De acordo com o professor e especialista em mobilidade urbana da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Luiz Vicente de Mello, a situação de Alphaville e Tamboré é complicada porque os bairros foram projetados, no início, para comportar apenas residências. "Essa região sofreu uma grande expansão, por conta das indústrias, além do aumento pela busca por um novo estilo de vida. Porém, não conseguiu acompanhar a demanda, saturando, assim, as vias", explica.

Para o especialista, investimento em ações de mobilidade urbana, principalmente com a construção de faixas de ônibus e incentivo a outros modais de transportes, seriam determinantes para a melhoria do tráfego em Alphaville, como bicicletas e patinetes.

Ações das Prefeituras
Recentemente, a administração municipal de Santana de Parnaíba anunciou que realiza estudo para a construção de um túnel na região de Alphaville, entre as Avenidas Dr. Marcos Penteado de Ulhôa, Yojiro Takaoka e Universitário. A obra tem como objetivo eliminar os cruzamentos entre as vias e, por conseguinte, tornar o trânsito mais fluído no local. Em Barueri, a prefeitura deve entregar até o final deste mês a obra do Viaduto do Araguaia, que promete melhorar desafogar o fluxo de entrada e saída de veículos na região de Alphaville e Tamboré. 

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 16 Novembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário