Vintage e retrô: arquiteta explica a diferença entre os estilos

HELLO-3
A profissional fala sobre as particularidades de cada estilo e ensina como usá-los em casa. (Projeto: Karina Korn Arquitetura | Foto: Eduardo Pozella)

Vintage e retrô são duas palavras bem conhecidas no mundo da decoração e do design. Apesar de muitas vezes serem usados como sinônimos, esses dois estilos definem peças diferentes, tanto em sua origem quanto ao período a que se referem. "Vintage é o clássico original usado novamente enquanto o retrô busca uma referência antiga para a criação de algo novo", resume Karina Korn, arquiteta à frente do escritório Karina Korn Arquitetura

O buffet vintage da sala de jantar, herdado pela moradora, faz um contraponto à decoração moderna. (Projeto: Karina Korn Arquitetura | Foto: Eduardo Pozella)

O estilo vintage traz peças originais, que geralmente datam das décadas de 1920 a 1960. "Objetos realmente antigos, como uma vitrola, um carrinho de chá ou um telefone são peças capazes de trazer o ar vintage a qualquer decoração", comenta Karina. Quando os itens alcançam os 100 anos de idade, eles já podem ser considerados como antiguidades. 

Peças novas que fazem releituras de objetos antigos, como o toca discos nesse quarto urban jungle, integram o estilo retrô. (Projeto: Karina Korn Arquitetura | Foto: Eduardo Pozella)

O retrô, por sua vez, apresenta peças novas cujo design é inspirado em épocas passadas. Os anos 1950 e 1960 são as principais referências para as releituras do retrô. Eletrodomésticos coloridos e móveis com pés palito, além de máquinas de escrever e toca discos novos, são alguns objetos característicos do retrô.

Num décor vintage, é comum incluir peças herdadas da família e que passam de geração em geração. Mas além da casa da avó, brechós e antiquários são os lugares mais indicados para encontrar objetos antigos. "Sem dúvida, os brechós são a melhor opção para buscar móveis e utensílios de decoração vintage. Também indico procurar antiquários que possam atestar a origem das suas peças", aconselha a arquiteta. Já móveis, eletrodomésticos e objetos retrô podem ser encontrados em uma diversidade de lojas.

Veja mais notícias sobre Casa & Decoração.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 12 Dezembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário