Holanda quer pagar para as pessoas irem ao trabalho pedalando

O objetivo é tirar 200 mil pessoas de seus carros e coloca-las sobre duas rodas. (Foto: Divulgação)

Buscando alternativas sustentáveis para aliviar o trânsito e reduzir a quantidade de carros na rua, o governo holandês pretende implantar um sistema de compensação financeira para quem trocar o carro pela bicileta na hora de ir ao trabalho.

O projeto ainda precisa ser aprovado mas, nas palavras da própria ministra da infraestrutura Stientje Van Veldhoven, a ideia é "sair dos carros e subir nas bikes". O programa prevê que cada trabalhador adulto receba 19 centavos por quilômetro percorrido em suas comunidades. Além disso, através de recompensas fiscais, o projeto oferecerá subsídios às empresas e funcionários para a compra mais barata de bicicletas.

O objetivo é tirar 200 mil pessoas de seus carros e coloca-las sobre duas rodas para percorrerem 3 bilhões de quilômetros pedalando.

Amsterdam é uma das cidades mais preparadas e receptivas aos ciclistas do mundo e o programa, portanto, pretende ampliar consideravelmente esses números, trazendo não só a compensação financeira como estímulo, mas também os benefícios ambientais e para a saúde. 

Veja mais notícias sobre Caderno A.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 29 Fevereiro 2020

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário