Cardiologista dá 7 dicas para não perder o fôlego durante o Carnaval

É importante manter os cuidados com a saúde no Carnaval para poder aproveitar a folia! (Foto: Divulgação)

O Carnaval é uma das épocas mais esperadas do ano. Sempre há aqueles que contam os dias para descansar e assistir sua série preferida em frente à TV. Porém, para outros, é o momento de aproveitar os dias de folga para encarar uma verdadeira maratona de folia.

Apesar do bom astral, é nesse feriado que a maioria das pessoas acaba saindo da rotina e sobrecarregando o coração, na maioria das vezes por causa dos excessos de ingestão de bebidas alcoólicas, do cigarro, alimentação inadequada e, também, uso de substâncias ilícitas. "É recomendável que, neste período, os foliões redobrem a atenção com os hábitos de comportamento, como o abuso do álcool; do cigarro e a má alimentação, além de atentar para o estresse físico e os riscos de desidratação", alerta Dr. Marcelo Sampaio, cardiologista membro do Comitê Científico do Instituto Lado a Lado pela Vida.

Segundo o especialista, não são apenas os portadores de problemas cardíacos que precisam se preocupar. "Todos devem ficar atentos a qualquer sintoma diferente do normal, como cansaço exagerado, falta de ar, dor no peito, tontura e palpitações".

O cardiologista elencou algumas dicas para manter o coração a mil e bastante saudável durante os quatro dias de folia:

1. Cuidado com o abuso de bebida alcoólica

"Tudo em excesso pode provocar danos ao coração. A bebida alcoólica também", avisa Dr. Marcelo Sampaio, explicando que o álcool libera substância que podem provocar vasoconstrição, reduzindo o fluxo de sangue para o músculo do coração, podendo gerar arritmia.

2. Cuide da alimentação

O cardiologista chama atenção para outra atitude comum no Carnaval que costuma oferecer perigo ao coração: a alimentação desregrada. "Alimentos gordurosos, que provocam má digestão, podem causar danos ao coração e entupimento das artérias. Por isso, mantenha uma alimentação leve e balanceada. Prefira alimentos saudáveis, como proteína magra, frutas, verduras e vegetais".

3. Hidrate-se

Outro perigo é o calor excessivo que provoca muito suor, que desidrata e pode provocar queda de pressão e desmaios. Para os adultos, recomenda-se 2 litros de água pura, por dia."Lembre-se de beber água mesmo que você não esteja com sede, porque a sede ocorre quando o corpo já está em desequilíbrio", diz ele.

4. Fique longe de drogas ilícitas, do cigarro e dos energéticos

Se as drogas ilícitas trazem muitos riscos para quem é saudável, têm impacto ainda mais grave para quem tem problemas cardíacos. Misturadas ao álcool, podem causar crises de taquicardia de longa duração, o que aumenta o riscos de infarto, derrame e morte. A cocaína, por exemplo, é a principal causa de infarto agudo do miocárdio em pessoas com menos de 30 anos, segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Já as drogas consideradas lícitas, como cigarro, álcool e energéticos, causam efeitos colaterais no coração.

5. Pratique exercícios físicos antes das festas

Se você é daqueles que não perde um bloco de Carnaval ou um desfile na Avenida, não deixe de se preparar fisicamente antes desses eventos. Chegar sem condicionamento físico ao Carnaval pode trazer complicações para seu fôlego, deixá-lo dolorido e, assim, prejudicar a sua festa! 

Veja mais notícias sobre Caderno A.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 13 Novembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário